Voltar
22/09/2022

Tegma inicia operações com uso de energia limpa

Primeiras experiências estão sendo feitas em parceria com a startup Plug.in Mobility para o transporte de carros em equipamentos tipo plataforma para curtas distâncias

A Tegma Gestão Logística, liderada pela sua aceleradora de startups e inovações TegUP e, em parceria com a Plug.in Mobility, startup que oferece transporte de veículos utilizando caminhões movidos a energia elétrica, iniciou, ainda em caráter experimental, a utilização de caminhões plataformas 100% elétricos para locomoção de cargas leves – dois veículos em cada viagem – e em distâncias curtas. Dessa forma, a operadora logística começa a avaliar as potencialidades e os benefícios dessa alternativa não poluente para realizar o transporte de veículos. 

Um dos pontos que estão sendo observados é a autonomia de percurso. A Plug.in Mobility desenvolveu um sistema de recarga que possibilita duplicar a autonomia, dos 200 quilômetros normalmente alcançada pelos veículos elétricos, para 400 quilômetros. De acordo com José Renato Ferreira, Gerente de Projetos da Divisão de Logística de Veículos da Tegma, “como a infraestrutura e a disponibilidade para recarga de veículos elétricos no Brasil está em desenvolvimento mas que deve ser ampliada de forma significativa nos próximos anos, é fundamental, neste momento, um planejamento logístico que vise atendimento de rotas fixas, acompanhado da definição dos locais de parada para recarga do pack de baterias, conforme autonomia do equipamento que será utilizado para realizar o transporte”. 

Esse modelo de caminhão plataforma elétrico também será testado pela Tegma, dentro da parceria com a Plug.in Mobility, para locomoção de cargas especiais. Está em estudo, por exemplo, a implantação de plataforma fechada para levar carros-protótipos de montadoras. 

Carretas cegonhas

A parceria entre a Tegma e a Plug.in Mobility estuda, ainda, a possibilidade de adaptação para o uso de energia elétrica no lugar de diesel dos cavalos mecânicos que transportam um número maior de veículos, as chamadas “cegonhas”. Um protótipo desse cavalo foi exposto no stand da Plug.in Mobility durante a ABX2022 (Automotive Business Experience 2022), realizado dia 8 de setembro. 

A Plug.in Mobility também desenvolveu um carregador rápido, denominado Super Charger, que permite recarregar a bateria em apenas duas horas (normalmente o processo demora entre 12 e 14 horas). Esta adaptação aponta uma autonomia de 600 quilômetros, cobrindo, assim, distâncias maiores e aumentando a produtividade. 

Segundo José Carlos de Souza Filho, Gerente de Inovação da Tegma, a iniciativa está alinhada à preocupação da Tegma com a sustentabilidade. “A empresa vê no uso de energia limpa uma possibilidade concreta de contribuir para a redução da poluição e preservação do meio ambiente”, assinala. 

Sobre a Tegma

Com mais de 50 anos no mercado, a Tegma Gestão Logística é um dos maiores operadores logísticos do Brasil, sendo responsável distribuição de aproximadamente 25% dos veículos novos comercializados no país, entregues a mais de mil concessionárias espalhadas por todo o território nacional e, também, pela logística integrada com gestão, transporte, armazenagem, distribuição para indústrias nos setores de químicos e eletroeletrônicos. 

Empresa de capital aberto na B3 desde 2007, recebeu diversos prêmios em inovação em logística, resultado de um ambiente diverso e colaborativo, fomentado pela tegUP Ventures, seu braço de inovação aberta e de tecnologia. A cultura corporativa tem como referência as melhores práticas de governança, contando com uma estrutura implantada para resguardar a integridade dos negócios e dos colaboradores.

Notícias Relacionadas

Tegma 5.0, uma jornada de transformação...

A iniciativa da operadora logística que permitirá...
Read More

Tegma recebe crédito de R$ 20...

Recursos serão repassados por intermédio da Finame...
Read More