Voltar
10/03/2022

Tegma cria Comitê de Inovação

Operadora logística sempre foi pioneira na incorporação de novas tecnologias

A inovação sempre esteve presente na Tegma Gestão Logística, no início demandada por melhorias nos processos operacionais e evoluindo rapidamente para novos negócios que a empresa já dominava. Com a criação da tegUP, primeira aceleradora de startups do país na área de logística, em 2017, houve a materialização e o desejo de melhorar o processo de inovação. Uma nova iniciativa da Tegma reafirma a postura pioneira da empresa de valorizar por meio de ações objetivas a incorporação e desenvolvimento de novas tecnologias: a criação do Comitê de Inovação, fruto do processo de planejamento estratégico posicionando a tegUP como uma Corporate Venture Capital (CVC), que reconhece e valoriza sua importância como principal vetor de inovação e tecnologia para o desenvolvimento de soluções inteligentes e conectadas em logística.

O grupo, formado por líderes de sete áreas e coordenado por Célia Takano, diretora de TI e Inovação da Tegma, tem por finalidade pensar, de forma estratégica, a política de inovação da empresa e ajudar a avaliar a viabilidade e aplicabilidade de soluções que poderão melhorar os processos atuais, desenvolver novos serviços e soluções em logística que agregam valor aos clientes atuais e novos clientes para a Tegma, com foco no desenvolvimento de soluções logísticas disruptivas e inovadoras.

Cultura de transformação digital

A proposta de criação do Comitê de Inovação prevê como principais objetivos criar e estabelecer uma cultura de transformação digital na empresa, acelerar o processo de transformação de tecnologia por meio da inovação, avaliar novos negócios com clientes atuais através da inovação e das startups e analisar a possibilidade de novos negócios que possam ser ampliados tendo a inovação como pilar. Além disso, o Comitê estudará a possibilidade de investir em startups dentro da estratégia de negócios da companhia e acompanhará os KPIs – Key Performance Indicators (ou Indicadores Chave de Performance) das mesmas.

O comitê terá como principal guia o planejamento estratégico e seguirá um calendário ativo de reuniões para analisar tendências, desenvolver processos e serviços e implementar iniciativas focadas na indústria 4.0, logística 4.0 e soluções de logística conectada e processos sustentáveis.

“Sempre entendemos inovação como um conceito que deve permear todas as nossas atividades e estar presente nos diferentes processos operacionais da empresa”, assinala Marcos Medeiros, presidente da Tegma. Para ele, a área de logística é uma das que devem estar mais atentas ao desenvolvimento e incorporação de novas soluções e tecnologias, “pois o mercado exige cada vez mais serviços que ofereçam agilidade, segurança e custos competitivos”, conclui Medeiros.


Inscreva-se em nossa newsletter

    Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.


    Notícias Relacionadas

    Tegma aumenta em quase 100% o...

    Carros agora chegam estacionados no interior do...
    Leia Mais

    Tegma assina o Pacto Empresarial do...

    Adesão faz parte da política de transparência...
    Leia Mais